terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

É Carnaval... (É folia?????)


Já me vesti de havaiana uma vez (aí está a prova).
Já pulei carnaval em clube, mergulhando naquelas piscinas de serpentina, confete e montanhas de poeira estrategicamente posicionadas nos cantinhos do salão.
Já me deitei nessas montanhas e tive as pernas puxadas por meus irmãos, que nem carrinho de mão.
Já fiz parte do bailinho de carnaval da escola.
Já me misturei à "pipoca" no carnaval de Salvador.
Já vivi um carnaval de rua em Tiradentes, Ouro Preto...
Já varei inúmeras madrugadas vendo desfiles das Escolas de Samba pela TV, enquanto todos em casa dormiam.
Já briguei com namorados no Carnaval. Foram as piores, essas brigas, daquelas de deixar sequelas...
Já decorei enredo de Escola de Samba, torci pela Mangueira (sempre) sem jamais saber o motivo.
Já fui para a praia pra fugir do carnaval (e encontrei engarrafamentos estratosféricos).


Pôxa vida, como faz tempo que não viajo nessa época! No ano passado,escrevi um post sobre passar esse período em BH para redescobrir a cidade, e cá estou eu de novo, FAZENDO A MESMA COISA (êta cidade que gosta de ser redescoberta!!!!).

Logo eu, criadora do 'Viajar Vicia', fazendo parte da turma 'amo BH radicalmente - e provo'!!!!!

É, tenho que admitir, não viajei no Carnaval de novo! Me vi ali, na beira do ócio, maravilhando-me com o desfile dos blocos 'Nada pra fazer', '40 graus e ainda é nove da manhã', 'Não acredito que Júlia gripou no meio desse calor senegalesco', 'Como é bom ficar em família', 'O filme High School Musical - O desafio é MUITO fraco', 'Passar um dia no clube foi delicioso', 'Ver Bethoven (o cachorro) na TV me fez lembrar os momentos sessão da tarde em Ilhéus' (esse foi um bloco especialmente longo), 'Preciso desesperadamente saber lidar com o tempo livre', 'Não acredito que amanhã é quarta-feira de cinzas' e, por último, para fechar com chave de ouro: 'Não quero que o Carnaval acaaaaabe'!!!

Vai entender as mulheres :)

P.S - Jamais poderei deixar de mencionar (nossa, ficou fino) que não há coisa melhor no mundo do que ver (ou rever) filmes emocionantes em feriados prolongados. Nesse eu vi "Kolya, uma lição de amor" - lindo, perfeito! e revi "Encontros e Desencontros" - sem palavras, extremamente inspirador!

4 comentários:

  1. ei lu! lembrei de mim tb vestida de havaiana ( e bailarina ) fazendo par de vasos com vc...rs...e kolya e mangueira sempre são tudo de bom! bjs

    ResponderExcluir
  2. Carnaval! Só quem é brasileiro entende o que significa. Mais que folia, mais que samba (ou axé), mais que retiro, mais que descanso. Carvanal é sagrado, é O feriado, pra cada um fazer o que der na telha. E eu, do outro lado do mundo, passo mais um ano descarnavalzada! Sabe como eu percebi que era carnaval? Pela ausencia de e-mails, recados, mensagens... Todo mundo su-miu! Beeeeeeeeijos

    ResponderExcluir
  3. Nossa, Line, acho que tenho essas fotos também!!!!!!!!!!!!!!!!

    Sumi no Carnaval porque Juju gripou e acabamos passando um tempão em casa, e vi que somos iguais, fico louca para ir para a rua! hehehehe

    ResponderExcluir
  4. Ana, o povo some, a cidade fica deserta, o trânsito praticamente desaparece, parece outra cidade! Aliás, nesse ano pareceu mesmo, nunca vi calor igual, achei que estava morando no Piauí! Dizem que ontem (quarta-feira) fez 41 graus!
    Ah, me passa seu endereço aí na Austrália por e-mail? Juju quer te mandar um cartão!

    ResponderExcluir