domingo, 1 de maio de 2011

Olhar Apaixonado Por um Céu de Abril






Um olhar apaixonado brilha, presta atenção nos mínimos detalhes, funciona como um scanner que não deixa nenhum enquadramento de fora, nenhuma cena despercebida.

Uma vez ouvi de uma amiga, cujo filho mora em VENEZA, que é muito fácil distinguir um morador da cidade, pois é o único que anda olhando para baixo!

O olhar do turista é um olhar apaixonado, abobalhado, encantado. Olhamos para cima, para os lados, para o alto, para os cantinhos...

Por que não fazemos isso com nossa própria cidade? Na semana passada ouvi de um taxista no Rio sobre os inúmeros programas legais que podem ser feitos com crianças por ali. O comentário veio em seguida: é incrível como o próprio carioca não conhece esses passeios...

Mal do comodismo? Mal do "já é meu, então pra que o esforço?"

Pois ontem, dia 30 de abril, último dia do meu mês preferido por seus céus arrebatadores de azuis indescritíveis, resolvi fazer um exercício de turista e procurar abrir meus olhos, um pouquinho mais, durante minha caminhada matinal.

Bastou um celular e um bocado de sentimento para voltar a me apaixonar por Belo Horizonte...

Nenhum comentário:

Postar um comentário